21 de agosto de 2016

C de Creatures of Comfort



 
"I feel like when you’re comfortable, either in your clothes
or in your own skin, you always exude confidence."
Jade Lai via The Fader


Jade Lai é a discreta criadora de uma das marcas mais giras da era contemporânea. Veste Comme des Garçons, Christophe Lemaire e, claro, Creatures of Comfort. O que liga as três casas, para além da inicial, é a onda avant garde, a preocupação com materiais e cortes, a inspiração oriental, o conforto. O gosto de Lai é irrepreensível, focando-se em básicos e em detalhes que completam os looks, como sapatilhas vindas do futuro ou padrões all over. Com raízes em Hong Kong, foi em Los Angeles que estudou Arquitectura. Acabou por abrir uma loja de vestuário vintage e acessórios multimarca, em 2005. Neste estabelecimento, com o nome da sua futura marca, começou a introduzir algumas peças simples, da sua autoria, iniciando uma obra rotulada de minimal. Em 2010 abre a primeira loja com venda exclusiva da sua etiqueta.

 Jade Lai via All Day Everyday

Jade cria para uma mulher com personalidade forte, que não quer obrigatoriamente ser sensual através do que veste, que prefere sempre o conforto. Ao aceder ao website da Creatures of Comfort encontramos outros designers a que este público dá preferência, como Acne Studios, Lisa Marie FernandezMansur Gavriel, Yohji Yamamoto e as três já referidas a cima. Esta estratégia de prosseguir com a venda de diferentes nomes nas suas lojas, off e online, é de uma humildade e esperteza sem igual. Por um lado assume ser ela mesma fã e consumidora dos seus pares, por outro mantém a relação com clientes antigas e diversifica a oferta não perdendo o norte da sua estética para  a CC. Lai desenha a pensar na durabilidade, tanto física como emocional, das peças. Preocupa-se com a qualidade dos materiais mas também com o seu carácter intemporal, elegante e charmoso. É uma mulher de negócios, especialista em vendas e compras, devido a ela própria ter um papel decisivo no que será exposto nas suas lojas, desenha, planeia e organiza os desfiles. Nas entrevistas que dá partilha conhecimento e muitos detalhes técnicos e comerciais do seu negócio, o que faz dela uma num milhão neste universo tão competitivo da Moda.


Para mim a mulher Creatures of Comfort é aquela amiga trintona que estudou design ou escultura, que colecciona cerâmica de autor e tem preocupações ambientais, que é aparentemente séria mas tem um humor negro oculto. As suas necessidades, em termos de vestuário, baseiam-se na mobilidade, integridade e diversão. Ou seja, é necessária uma forte componente prática, que é o núcleo da marca, os conjuntos resultam em silhuetas profissionais e adultas mas ainda assim a estética não aborrece em nada, pelo contrário, é entretenimento para quem vê passar. Na realidade esta mulher pode ser Miranda Kerr, Kendall Jenner, Agyness Deyn, Leandra Medine ou Jenny Slate.


Editorial da primeira fotografia via Nest Together.

Sem comentários:

Enviar um comentário